O presidente mais mal avaliado da história

Embora importantes, pesquisas de opinião prestam, em muitos casos, um verdadeiro desfavor a sociedade. Auferir avaliação popular acerca de temas desconhecidos pela população é quase sempre uma temeridade. Com todas as críticas que tenho ao comportamento do presidente Temer, e por mais que seja eu, um defensor de sua saída, é importante reconhecer, seus resultados administrativos são bons.

Desde que assumiu, não sem problemas, o presidente Temer e sua equipe econômica reduziram em muito o número de ministérios (mas não o velho clientelismo na concessão dos que ficaram), realizou a PEC do teto os gastos públicos, reestruturou empresas estatais, aprovou a MP de reestruturação das dívidas dos Estados (não sem ceder as contrapartidas) e,  mais recentemente aprovou a reforma trabalhista. Neste período ainda, Os Juros desceram de 14,25% para 9,25%, a Inflação de 6,29% para 3%, o PIB subiu de -3,6% para 0,3%.

Enfim, os resultados econômicos de Temer não são ruins, para justificar a menor avaliação popular do período democrático, isto certamente tem se dado pelos problemas de cunho moral e ético que abalam o seu governo. outros presidentes, no entanto, foram populares como Lula PT, com problemas éticos tão graves quanto e sem empreenderem nenhuma reforma profunda, mas tiveram grandes popularidades. É preciso ter maturidade para compreender que as mudanças empreendidas no momento, são a base para um futuro melhor.

Temer errou ao manter o modus operandi de Lula e Dilma em seu governo, sua agenda econômica tinha lastro para garanti-lo pelos bons resultados. Ao manter ministros suspeitos e investigados, ao distribuir emendas parlamentares em troca de apoio do baixo clero, ao tentar obstruir a justiça e o ministério público. Temer viu o brilho de seu desempenho econômico ser ofuscado pelo descalabro moral de seu governo, viu sua credibilidade, muito mais do que sua popularidade (Temer jamais foi popular) se desmanchar, e procurou o próprio Calvário, só resta a Temer, os rodapés dos livros de história que serão contados no futuro.

http://g1.globo.com/politica/noticia/governo-temer-e-aprovado-por-5-e-reprovado-por-70-diz-ibope.ghtml

Compartilhe

1 comentário

  • CLAUDIO PERSIO CARVALHO LEITE

    Realmente, o Temer não usufruiu (ou não soube fazê-lo) da grande oportunidade que teve: estancar a hemorragia econômico-corruptora do país. E ainda conseguiu índices de aprovação aquém dos piores presidentes da nossa história: o pseudo-gênio político Lula e a total incompetente Dilma. Eu reservaria as piores notas para estes dois, que foram (e ainda são) protegidos pela grande mídia. Concordo, porém, com seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*

Translate »